O QUE A SOCIEDADE PRECISA SABER SOBRE O ADOECIMENTO PSÍQUICO

Autores

  • Luiz Eduardo Lima de Castro FAPAM
  • Lidiana Matos Campos FAPAM
  • Maria Eduarda A. Eufrazio FAPAM
  • Caio F. Fernandes Lima FAPAM
  • Ana Luiza Brandão L. Oliveira FAPAM

Palavras-chave:

Adoecimento Psíquico; Psicopatologia; Terapias alternativas; Brasil.

Resumo

Conceituar e sistematizar o estudo frente ao adoecimento psíquico, as práticas vigentes e sua correlação para com a psicologia, a fim de contribuir para o juízo crítico dos indivíduos em sociedade. Analisou características psicossociais da noção de adoecimento psíquico na literatura enquanto formadoras da metodologia vigente, sua constituição histórica e o modelo organizacional que regulamenta e mantém seu enfrentamento. Permeado pelas crenças populares e o desgaste gerado pelas terapias alternativas, é analisado os mecanismos públicos de gestão profissional que orientam a população e os profissionais.

Biografia do Autor

Lidiana Matos Campos, FAPAM

Graduanda    de    Bacharelado    em    Psicologia pela    Faculdade    de    Pará    de    Minas – FAPAM.

Maria Eduarda A. Eufrazio, FAPAM

Graduanda    de    Bacharelado    em    Psicologia pela    Faculdade    de    Pará    de    Minas – FAPAM.

Caio F. Fernandes Lima, FAPAM

Graduando de Bacharelado em Psicologia pela Faculdade de Pará de Minas – FAPAM.

Ana Luiza Brandão L. Oliveira, FAPAM

Professora da Faculdade de Pará de Minas, Doutorado em Psicologia pela PUC-Minas.

Referências

BECK, J. S. Terapia cognitiva: teoria e prática (S. Costa, Trad.). Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

CAMALIONTTE, L. G.; BOCCALANDRO, M. P. R. Felicidade e bem-estar na visão da psicologia positiva. Bol. - Acad. Paul. Psicol., São Paulo, v. 37, n. 93, p. 206-227, jul. 2017.

DALGALARRONDO, Paulo. Psicopatologia e semiologia dos transtornos mentais [recurso eletrônico] / Paulo Dalgalarrondo. – 3. ed. – Porto Alegre: Artmed, 2019.

GOFFMAN, Erving. Estigma: Notas sobre a Manipulação da Identidade Deteriorada. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1980.

HEIDRICH, Andréa Valente. Reforma psiquiátrica à brasileira: análise sob a perspectiva da desinstitucionalização. 2007. 207 f. Tese (Doutorado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2007.

World Health Organization. The global burden of disease: 2004 update [Internet]. Geneva: WHO, 2008 [acesso em 2017 maio 21]. Disponível em: http://www.who.int/healthinfo/global_burden_disease/GBD_report_2004update_full.pdf

Viapiana, Vitória Nassar, Gomes, Rogério Miranda e Albuquerque, Guilherme Souza Cavalcanti deAdoecimento psíquico na sociedade contemporânea: notas conceituais da teoria da determinação social do processo saúde-doença. Saúde em Debate [online]. 2018, v. 42, n. spe4 [Acessado 3 Novembro 2021] , pp. 175-186. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/0103-11042018S414>. ISSN 2358-2898.

Downloads

Publicado

2021-12-10

Edição

Seção

Artigos