A CHEGADA DE UM FILHO COM DEFICIÊNCIA NO CONTEXTO FAMILIAR

  • Ana Luiza Brandão Leal Oliveira
  • Bruna Luísa Silva Galvão
  • Cristiane Aparecida Pereira Caires

Resumo

O presente artigotem como propósito conhecer o processo de estruturação familiar, diante da notícia e chegada de um bebê com deficiência, bem como apresentar os principais anseios e as dificuldades vivenciadas pelos pais e/ou cuidadores em relação a essa nova realidade que se apresenta. A chegada de um filho no seio familiar gera inúmeras expectativas, fantasias, incertezas e necessidades de mudanças em sua dinâmica. A chegada de um filho com deficiência acentua todos esses processos e produz na família uma necessidade de reorganização dos sentimentos e estruturação. Percebe-se que o profissional de psicologia pode contribuir muito, tanto na notícia do diagnóstico, quanto no acompanhamento da família e da criança. A metodologia utilizada neste estudo foi a pesquisa bibliográfica que, a partir de um levantamento em livros e artigos científicos, foi possível organizar e problematizar o conhecimento acerca do tema proposto. Com a elaboração deste artigo foi possível perceber que a família tem fundamental importância na abertura de probabilidades de crescimento e no favorecimento do desenvolvimento da criança com deficiência. O profissional psicólogo também tem um importante papel no momento de reorganização familiar auxiliando na adaptação de todos os membros frente à nova realidade que se estabelece.
Publicado
2020-08-12
Seção
Artigos